Procedimentos para tratar flacidez e estrias

Não há quem discorde: a gestação é um período especial e único. Afinal, são nove meses de descobertas e surpresas, em que toda a atenção se volta ao momento da chegada do bebê. Por isso, é normal que nessa fase as mamães se esqueçam um pouco do próprio bem-estar e se dediquem integralmente ao desenvolvimento do filho.

Embora isso seja totalmente compreensivo, cuidar de si não é apenas uma questão de estética e/ou autoestima. Sabe por quê? Bom, se o bebê sente todas as emoções da mãe, estar bem-humorada e disposta só fará bem a ele, concorda? É bem simples: uma mãe bem cuidada é um filho bem cuidado.

“Flacidez, e agora?”
Uma das queixas mais comuns pós-gestação é a flacidez. Se você está passando por isso, fique tranquila, tenho duas boas notícias: a primeira é que você não está sozinha, já que quase toda grávida passa por isso, e a segunda é que existem procedimentos não-cirúrgicos que podem tonificar, eliminar gordura localizada e até acabar com as estrias.

Mas antes de falarmos dessas tecnologias, que tal entendermos por que a flacidez acontece?

Basicamente, a flacidez ocorre devido à perda de tonicidade da pele e dos músculos. Quando temos uma mudança de peso muito brusca ou na gravidez, que a pele estica e depois “volta”, pode ocorrer um enfraquecimento das fibras de sustentação da pele: o colágeno e a elastina.

Tripla ação na flacidez
Se você me acompanha sabe que eu costumo trabalhar com protocolos desenvolvidos para cada paciente, pois a individualização do tratamento é tão importante para o resultado final quanto a técnica a ser utilizada.

Com os procedimentos pós-parto não é diferente: combino técnicas que irão agir juntas e, assim, proporcionar um tratamento mais eficaz.

Para atuar na flacidez, por exemplo, podemos utilizar três tecnologias reconhecidas pelo potencial rejuvenescedor, já que estimulam a produção de colágeno natural do corpo e melhoram os efeitos da flacidez na pele. São elas: ultrassom macrofocado, que estimula, por meio do calor, a formação de colágeno; o Sculptra que também é um bioestimulador de colágeno, aplicado na segunda camada da pele; e o Radiesse, que nada mais é que um preenchedor à base de hidroxiapatia de cálcio sintética, com o objetivo de atenuar a flacidez e estimular as fibras colágenas.

E as estrias?
A primeira dica que posso dar é: procure um especialista assim que notá-las. Quando elas estão avermelhadas, isto é, recentes, a resposta ao tratamento é melhor e, com isso, o resultado mais efetivo.

Dito isso, existem duas técnicas que podemos trabalhar logo após o parto. O microagulhamento, como o nome já sugere, é um procedimento feito com diversas agulhas finas, que vão desde estimular o colágeno até atenuar cicatrizes de acnes e estrias. Tal efeito pode ser potencializado com o uso do laser de CO2 que, por meio do estímulo da formação de colágeno, atenua as estrias.

Cuidado também é uma questão de saúde
Grande parte dos procedimentos que citei aqui são de recuperação rápida e todos dispensam intervenção cirúrgica, o que tornam as chances de reações ainda menores.

O objetivo, mamães e futuras mamães, é através de cuidados estéticos, proporcionar mais bem-estar e cuidado, para que você aproveite essa fase de forma ainda mais prazerosa.